Slideshow Image 1
Slideshow Image 2
Slideshow Image 3
Slideshow Image 4
Slideshow Image 5
Slideshow Image 6
Slideshow Image 7
Slideshow Image 8

Prefeitura Municipal de
AQUIDAUANA

(67) 3240-1400
prefeito@aquidauana.ms.gov.br
Rua Luiz da Costa Gomes , Nº 711

Primeira edição de 2017 da Feira da Estação foi um sucesso

08/02/2017 11:33

       A Feira da Estação, que este ano completa três anos de criação, teve ontem a sua primeira edição de 2017 realizada pela Prefeitura de Aquidauana por meio da Fundação de Turismo em parceria com os feirantes e o apoio das Gerências Municipais de Obras e Serviços Urbanos e da Agência de Comunicação.
 
       O evento foi um sucesso total de público com algumas bancas com produtos esgotados já na primeira hora de vendas. Com muitas opções entre hortifrútis, artesanatos e comidas típicas, há quem não perca uma edição da Feira e já estava sentindo falta desta festa. É o caso do Alexandre Moraes Oliveira, morador do bairro Santa Terezinha. “Eu não perco uma edição, só não venho quando não estou na cidade”. Alexandre conta que toda terça-feira vai a Igreja Matriz rezar o terço e quando é dia de feira vai correndo pra estação para chegar cedo. “Estou feliz com o retorno, a quantidade de gente aqui hoje mostra como as pessoas estavam sentindo falta, e vou torcer para continuar e melhorar cada vez mais” comenta. Perguntado sobre se tem uma comida preferida ele afirma que tudo ali é bom. Para ele a Feira da Estação já faz parte da rotina Aquidauanense.
 
      
O diretor-presidente da Fundação de Turismo, Humberto Torres ficou muito satisfeito com o resultado desta primeira edição neste ano: “Realmente é encantador ver que o trabalho é recompensado com esse sucesso de público e a satisfação dos feirantes com o êxito nas vendas”. Torres que já havia anunciado uma roupagem nova para Feira com o apoio do prefeito Odilon Ribeiro, reitera que a Fundação de Turismo sob orientação do prefeito trabalhará para garantir mais espaço e infraestrutura para novas barracas, promovendo maior variabilidade de produtos comercializados.
 
      Lejania Malheiros, que esteve 04 anos à frente da Fundação de Turismo e foi uma das responsáveis pela implantação da Feira da Estação, também não deixou de prestigiar o evento. “A Feira nasceu com a necessidade de movimentarmos Aquidauana e promover um evento que possibilitasse aos pequenos produtores oferecerem seus produtos para toda a cidade. Com trabalho mútuo, conseguimos superar dificuldades e fazer com que o evento criasse raízes. Fico muito feliz em ver que a nova gestão está dando continuidade e é claro que torcemos pelo sucesso absoluto, estando a disposição se algo for necessário” afirma.
 
       
O Prefeito Odilon Ribeiro também se fez presente prestigiando o evento. Para ele a Feira da Estação merece toda atenção e apoio do Governo Municipal. O prefeito caminhou pelo evento passando banca por banca conferindo tudo que era ofertado e agradecendo a cada feirante pela participação. 
 
      
“Em nossa campanha afirmamos que iríamos dar continuidade a Feira, voltando atenção especial a este evento que caiu no gosto da família aquidauanense. Eu vejo aqui uma grata oportunidade de fortalecer o mercado para o pequeno produtor e de divulgar coisas boas da nossa cultura. Hoje temos buscado parcerias para melhorar não só a infraestrutura e organização mas também para oportunizar cursos e qualificação para nossos feirantes, garantindo uma melhora no planejamento, produção e atendimento. Tenho certeza que a dedicação dessa gente honesta e trabalhadora garantirá o sucesso da Feira da Estação por muito tempo ainda” afirma o prefeito.
 
      
As bancas da Feira da Estação
 
      Na Banca de Hortifrutis e Doces Caseiros estão a dona Maria Neris, que participa da Feira desde o início, e dona Caciana Silva, feirante há 08 meses. Para elas, que vêm do assentamento Indaiá, a feira é uma excelente oportunidade de comercializar seus produtos e complementar a renda familiar. As duas concordam que mesmo com as vendas e o movimento oscilando, como é comum no comércio, elas não deixarão de participar. 

      Já o Renato, da Hidroponia Estrela, participa da Feira há 10 meses. Renato vê na feira uma oportunidade de divulgar seu trabalho e aumentar a clientela.  Para ele, a organização, limpeza e divulgação feitas pela Fundação de Turismo, são alguns dos ingredientes de êxito junto dos excelentes produtos oferecidos nas bancas. Próximo a ele está a banca do Rhobson e da Nicéa, que vem do quilômetro 17 da BR-419 para oferecer diversos sabores de pastéis para os visitantes da Feira.
 
      
Nas bancas da Ana Kelly e da Valdirene, é possível encontrar doces caseiros e bolos confeitados que enchem os olhos de quem passa. As duas trabalham na feira desde o início e ajudam no sucesso do evento. São mais de 20 tipos de doces e bolos ofertados nestas bancas.  Ana Kelly não hesita em dizer que esta é uma das melhores ações realizadas pela Prefeitura.
 
      
Continuando a caminhada, há a banca da dona Paulina. Frutas, pão caseiro, biscoitos e fatia húngara são alguns dos produtos preparados por ela com muito carinho e ofertados por lá, e a procura é grande. Logo ao lado tem também a banca “Sabores – pão de mel e gostosuras” onde a dona Valeska e a prima Silvana trabalham há um ano ofertando produtos caseiros.
 
      
Na banca “Temperos caseiros e outras delícias” estão o Estácio e a esposa Marinete, junto da Katia. Eles estiveram no início da Feira e depois precisaram se ausentar. Há alguns meses retornaram e estão animados, a torcida é grande para que cada vez mais a população de Aquidauana e Anastácio se faça presente. Vizinha a eles está a Banca da dona Cleusa, que em há um ano oferece doces caseiros, bolos e cupcakes. Ela conta que acorda bem cedo para dar tempo de preparar todas as guloseimas.
 
      
Adiante encontramos a Banca da Panificadora Viana. Para Renato Cervantes, representante da empresa, a banca é a própria panificadora na Feira. Além de todo tipo de produtos de panificação e confeitos, são ofertados gêneros derivados da biomassa de banana verde. A biomassa consiste em uma preparação feita com polpa de bananas verdes cozidas. Esta simples preparação é capaz de melhorar a imunidade, contribuir para o desenvolvimento da microbiota intestinal, reduzir o risco de câncer de intestino, controlar os níveis de colesterol, prevenir o diabetes e evitar o acúmulo de gordura abdominal.
 
      
Abeirado também se encontra a banca “Aquidelícias do Engenho”, com derivados da cana de açúcar e água de coco. Para o Barbosa, responsável pela produção, a Feira é uma excelente oportunidade de ofertar todos os seus produtos. “Para mim tinha que ser toda terça-feira” brinca ele.  
 
      
Do outro lado das bancas há ainda mais opções de alimentação. A famosa comitiva Boca da Onça prepara comida típica pantaneira. A comitiva está na Feira desde o início e já participou do programa da apresentadora Ana Maria Braga, atendeu Angélica e Luciano Huck na fazenda Caiman e também o apresentador louco por animais, Richard Rasmussen. A equipe, geralmente composta de 04 pessoas, traz para a feira uma tradição forte na cultura pantaneira e atrai a atenção de todos os visitantes. 
 
       
O Restaurante Moderna também enriquece a Feira da Estação desde a primeira edição. Por noite são vendidos mais de 100 espetinhos, acompanhados de madioca, arroz e vinagrete, combinação perfeita para o sul-mato-grossense. 
 
      
Finalizando e não menos apetitoso, a Feira oferece ainda comida típica japonesa preparada com muito talento pelos associados da Acenba. Sushi, sobá, tempurá e o doce dorayaki são algumas da especiarias oferecidas nessa banca, o sabor é surpreendente.
 
      Entre todos eles há algo em comum: além da vontade de trabalhar e ver a feira crescer, há uma boa expectativa em relação ao novo projeto para o evento. Com a promessa de ampliação da Feira da Estação, com certeza essa rica variedade se tornará ainda maior. Podemos aguardar novidades!

Fonte: Agecom


Prefeitura Municipal de Aquidauana

Luiz da Costa Gomes , Nº 711
Bairro Cidade Nova
Aquidauana / MS
CEP: 79200-000
Telefone: (67) 3240-1400

Horário de atendimento: de segunda à sexta, das 07h às 13h